Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 80 Número 5




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Livedo reticularis ulcerado em paciente com anticorpo anticardiolipina tipo IgA

Livedo reticularis with ulcers in a patient with IgA anticardiolipin antibodies


CARLOS EDUARDO MAGRO1, FERNANDA GUIDOLIN1, FRANCISCO BEZERRA NETO2, LISMARI MESQUITA3, THELMA SKARE4

1Residente do Serviço de Reumatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba - HUEC - Curitiba (PR), Brasil.
2Preceptor do Serviço de Residência em Reumatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba - HUEC - Curitiba (PR), Brasil.
3Professora assistente da disciplina de Anatomia Patológica do curso de medicina da Faculdade Evangélica do Paraná - HUEC - Curitiba (PR), Brasil.
4Professora adjunta da disciplina de Reumatologia do curso de Medicina da Faculdade Evangélica do Paraná - HUEC - Curitiba (PR), Brasil.

Recebido em 19.09.2003. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 13.12.2004. Trabalho realizado nos Serviços de Reumatologia e de Anatomia Patológica do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba - HUEC - Curitiba (PR), Brasil.

Correspondência:
Thelma L. Skare João Alencar Guimarães, 796 80310-420 - Curitiba - PR "E-mail":mailto:tskare@onda.com.br

 

Resumo

Os autores descrevem um caso de _livedo reticularis_ com ulceração em paciente portadora de anticorpo anticardiolipina do tipo IgA. A identificação do elemento causal e o estabelecimento de anticoagulação permitiu considerável melhora do quadro clínico com cicatrização das lesões.

Palavras-chave: ANTICORPOS ANTICARDIOLIPINA, DERMATOPATIAS VASCULARES, ÚLCERA DA PERNA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações