Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

6

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 80 Número 1




Voltar ao sumário

 

Investigação

Úlcera de perna: um estudo de casos em Juiz de Fora-MG (Brasil) e região

Leg ulcer: an observational study in Juiz de Fora, MG (Brazil) and region


MARCO ANDREY CIPRIANI FRADE1, IGOR BRUM CURSI2, FELIPE FORTES ANDRADE2, SÂMARA CASSIMIRO SOARES3, WENDEL S. RIBEIRO2, SANDRO V. SANTOS2, NORMA TIRABOSCHI FOSS4

1MD, PhD - Professor Doutor da Divisão de Dermatologia do Depto. Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP (FAEPA) / Ex- Professor Auxiliar- Serviço de Dermatologia Universidade Federal de Juiz de Fora, MG
2Aluno do curso de graduação em Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora, MG
3Aluna do curso de graduação em Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora, MG
4MD, PhD - Professora Associada - Divisão de Dermatologia do Depto. de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, SP

Recebido em 03.10.2003. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 17.12.2004. Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora - Juiz de Fora, MG, Brasil.

Correspondência:
Marco Andrey Cipriani Frade Divisão de Dermatologia - Hosp. das Clinicas FMRP/USP Av. Bandeirantes, 3900 Bairro Monte Alegre 14049-900 Ribeirão Preto - SP Tel/Fax: (16) 633-6695 "E-mail":mandrey@fmrp.usp.br

 

Resumo

*Fundamentos:* Úlcera de perna (UP) caracteriza-se por perda do tegumento nas extremidades dos membros inferiores causada geralmente por disfunção vascular. *Objetivos:* Caracterizar clínica e epidemiologicamente a amostra populacional com UP atendida nos centros de saúde de Juiz de Fora. *Pacientes e Métodos:* Submetidos ao protocolo clínico 124 pacientes com UP, de Juiz de Fora e região de janeiro/1999 a agosto/2001. *Resultados:* A média de idade foi 64 anos, 65,3% do sexo feminino, média de 3,7 indivíduos/família e renda inferior a R$540,00 (86,8%). Associavam-se às úlceras insuficiência venosa (90,3%), hipertensão arterial sistêmica (54%), obesidade (20,2%) e diabetes _mellitus_ (16,1%). A associação insuficiência venosa e hipertensão arterial foi freqüente (43,7%) e significante (p<0.01) para predisposição às úlceras. Foram classificadas como venosas (79%), hipertensivas (15,4%), mistas e outras(5,6%). Acometiam terço distal das pernas (90%), de tamanho grande (>5cm) em cerca de 90% da amostra, com médias de 8,7cm e 9,6cm para os eixos vertical e horizontal, respectivamente. Estavam acompanhadas de hipercromia (92,7%), lipodermatoesclerose (68,5%) e varicosidades (66,9%), com duração média de 94,2 meses, e 50% das úlceras eram recidivantes. *Conclusões:* Os dados sugerem que a úlcera de perna seja doença crônica significativa na população idosa e de baixa renda de Juiz de Fora e região.

Palavras-chave: ÚLCERA DA PERNA/EPIDEMIOLOGIA, RENDA FAMILIAR, IDOSO, RENDA, VARIZES

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações