Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 66 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Tratamento da leishmaniose tegumentar americana utilizando vacina

Treatment of american cutaneous leishmaniasis by means of vaccine


WILSON MAYRINK1, MARILENE SUZAN MARQUES MICHALICK1, MARIA NORMA MELO1, PAUL WILLIAMS1, EVALDO NASCIMENTO1, PAULO ARAÚJO MAGALHÃES2, CARLOS ALBERTO DA COSTA3, ANTONIO DE OLIVEIRA LIMA4, MAGNO DIAS5

1Departamento de Parasitologia ICB/UFMG
2SUCAM - Ministério da Saúde
3Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas - Fac Farmácia/UFMG
4Fundação Ataulfo Paiva - RJ
5Departamento de Ciências Biológicas - UFOP

 

Resumo

Foi realizado o tratamento de 62 pacientes portadores de leishmaniose tegumentar utilizando como agente imunoterápico uma vacina constituída de promastigotas mortas. O esquema terapêutico utilizado mostrou ser uma alternativa adequada ao tratamento de leishmaniose tegumentar já que houve sucesso terapêutico em 75.8% dos casos, não se observando efeitos colaterais. A eficiência terapêutica foi semelhante nos casos de lesões cutâneas ou mucosas.

Palavras-chave: LEISHMANIOSE TEGUMENTAR, IMUNOTERAPIA VACINA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações