Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 66 Número 3




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Onicomicoses em pacientes portadores do vírus da AIDS

Onychomycosis in patients bearers of AIDS'''' virus


MARIA TERESA FEITAL CARVALHO1, OLGA FISCHMAN GOMPERTZ2, MAURÍCIO MOTA DE AVELAR ALCHORNE3, CARLOS ADOLPHO DE CARVALHO PEREIRA4

1Professora Adjunta de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora - Minas Gerais
2Pesquisadora do CNPq - Disciplina de Biologia Celular - Setor de Micologia Médica - Escola Paulista de Medicina - São Paulo
3Professor Adjunto da Disciplina de Dermatologia - Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Dermatologia da Escola Paulista de Medicina - São Paulo
4Professor Adjunto de Dermatologia da Universidade Federal de Juiz de Fora - MG

Parte da Tese de Maria Teresa Feital de Carvalho para obtenção do grau de Doutor em Dermatologia da Escola Paulista de Medicina - SP.

Correspondência:
Maria Teresa Feital de Carvalho Rua Irmão Martinho, 212 36050 - Juiz de Fora - MG

 

Resumo

Foram estudadas unhas de 60 pacientes HIV soropositivos. Alteração ungueal fotoobservada em 34 pacientes (56,6%). Presença de fungo foi constatada em 25 (41,7%). Onicomicose branca subungueal proximal é forma frequente de manifestações de micose em AIDS. Rapidez de evolução das onicomicoses chamou atenção. T. rubrum e T. mentagrophytes foram os dermatófitos identificados. C. parapsilosis e C. guilliermondii foram mais frequentemente isolados do que C. albicans e G. candidum. Tripospermum mirty foi o fungo filamentoso não dermatófito associado à T. rubrum.

Palavras-chave: TRIPOSPERMUM MIRTY, ONICOMICOSES, AIDS, DERMATÓFITOS, LEVEDURAS

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações