Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 66 Número 3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Feohifomicose cutânea por Scytalidium lignicola no Rio de Janeiro - Relato de 2 casos

Feohifomicose cutânea por Scytalidium lignicola no Rio de Janeiro - Relato de 2 casos


NURIMAR CONCEIÇÃO FERNANDES1, PAULO CESAR FIALHO MONTEIRO2, BODO WANKE3

1Professor Adjunto de Dermatologia - Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina - UFRJ
2Médico do Laboratório de Micologia - Hospital Evandro Chagas - FIOCRUZ
3Pesquisador Titular do Laboratório de Micologia - Hospital Evandro Chagas - FIOCRUZ

Correspondência:
Rua Alexandre de Gusmão, 28/201 20520 - Rio de Janeiro - RJ

 

Resumo

São relatados dois casos de infecção pelo Scytalidium lignicola atendidos no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - UFRJ: 1º caso - Paciente negra de 50 anos, natural da Bahia e residente no Rio de Janeiro. Em 1988 apresentou descamação e maceração em espaços interpododáctilos direito e esquerdo que responderam à aplicação de violeta de genciana a 2% durante 40 dias. 2º caso - Paciente pardo de 50 anos, nascido e residente no Rio de Janeiro. Em 1987 apresentou descamação e maceração em espaços interpododáctilos direito e esquerdo que involuíram à aplicação de violeta de genciana a 2% durante 40 dias. O exame microscópico direto e a cultura em ágar dextrose batata foram positivos em ambos os casos. A prevalência, distribuição, diagnóstico e tratamento da infecção são discutidos e os casos comparados com relatos anteriores.

Palavras-chave: FEOHIFOMICOSE CUTÂNEA, SCYTALIDIUM LIGNICOLA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações