Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 66 Número 4




Voltar ao sumário

 

Comunicação

DNCB – tratamento de verrugas em crianças

DNCB – Treatment of waris in children


MARIZA HELENA MENDONÇA MUARREK1, MARTA MUTSUMI ZAHA INOUYE2, EDNA MARIA VISSOCI REICHE2

1Docente do Departamento Materno-Infantil e Saúde Comunitária CCS/UEL, Londrina - Paraná
2Docente de Imunologia Clínica do Departamento de Patologia Aplicada Legislação e Deontologia CCS/UEL, Londrina - Paraná

 

Resumo

Os autores analisaram 31 pacientes (grupo-teste) portadores de verrugas submetidos a imunoestimulação com dinitroclorobenzeno (DNCB) a 2%, procurando analisar a eficácia desse tratamento na regressão das lesões. A idade dos pacientes variou de dois a 16 anos, 20 do sexo masculino e 18 do sexo feminino. Observaram também 13 pacientes (grupo controle) portadores de verrugas submetidos a tratamento com placebo, com idade variando de dois a 17 anos, sete do sexo masculino e seis do sexo feminino. Os resultados demonstraram que houve regressão total das verrugas em 20 pacientes (62.5%) e regressão parcial em três (9.4%). Somente nove (28.1%) não apresentaram regressão das mesmas. Embora 18 pacientes (56.2%) relatassem a ocorrência de efeitos colaterais como eritema, edema e dor no local da aplicação do DNCB a 2%, concluiu-se que a resposta terapêutica ao DNCB foi satisfatória.

Palavras-chave: IMUNOESTIMULAÇÃO, DINITROCLOROBENZENO (DNCB), VERRUGAS

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações