Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 80 Número 6




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Psoríase pustulosa linear X Nevil - Relato de caso

Linear pustular psoriasis X ILVEN - Case report


MAURÍCIO PEDREIRA PAIXÃO1, CARLOS D'APPARECIDA S. MACHADO FILHO2, LÚCIA MIOKO ITO3, MILVIA MARIA SIMÕES E SILVA ENOKIHARA4

1Doutorando em Telemedicina pela Universidade de São Paulo - USP - São Paulo (SP), Brasil
2Professor e chefe interino do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC, mestre em Dermatologia pela Escola Paulista de Medicina, Doutor em Dermatologia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP - São Paulo (SP), Brasil
3Professora Colaboradora do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC - Santo André (SP), Brasil; Mestranda em Sáude Pública pela Faculdade de Medicina do ABC - Santo André (SP), Brasil
4Professora do Departamento de Patologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo, Mestre em Patologia pela Universidade Federal de São Paulo, Doutora em Patologia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP - São Paulo (SP), Brasil

Recebido em 15.05.2003. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 23.11.2003. Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC - Santo André (SP), Brasil.

Correspondência:
Maurício Pedreira Paixão Rua Teodoro de Beaureaire, 208 - apt.151 04279-070 São Paulo SP Tel/Fax: (11) 5061-7311 "E-mail":mauricio_pp@terra.com.br

 

Resumo

A psoríase pustulosa linear (PPL) e o nevo epidérmico verrucoso inflamatório linear (Nevil) possuem características clínicas e histopatológicas semelhantes, o que enfatiza a importância da tentativa de distinção entre essas duas patologias a partir de aspectos clínico e laboratorial auxiliares. Relata-se o caso de uma mulher com 24 anos, que apresentou lesões eritêmato-descamativas pruriginosas, com distribuição linear unilateral (lado esquerdo do corpo). O exame clínico e os estudos histopatológicos sugeriram o diagnóstico de psoríase pustulosa linear, com um ano de evolução e resistente à corticoterapia.

Palavras-chave: IMUNO-HISTOQUÍMICA, NEVO, PSORÍASE

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações