Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 67 Número 4




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

A formação do cirurgião dermatológico

The formation of dermatologic surgeon


LUIS FERNANDO FIGUEIREDO KOPKE1, DOMINGOS ANDRÉ FERNANDES DRUMOND2, EDSON SAMESIMA TATSUO3, JOSÉ DE SOUZA ANDRADE4, RODRIGO OTÁVIO GONTIJO TOSTES5, SÉRGIO MOREIRA DA COSTA5, JACKSON MACHADO PINTO6, EVERTON CARLOS SIVIERO DO VALE7, GABRIEL TEIXEIRA GONTIJO8, JOÃO AMILCAR SALGADO9

1Dermatologista do Hospital Felício Rocho - Belo Horizonte - MG
2Professor da Disciplina de Cirurgia Ambulatorial - UFMG
3Cirurgião Geral do Hospital Felício Rocho, Professor de Anatomia da UFMG
4Anatomopatologista do Hospital Felício Rocho e Professor de Patologia Geral da UFMG
5Cirurgião Plástico do Hospital Felício Rocho, Professor da Disciplina de Cirurgia Ambulatorial - UFMG
6Professor de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas de Belo Horizonte e Coordenador da Residência em Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte
7Professor de Dermatologia e Coordenador da Residência em Dermatologia da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
8Cirurgião Dermatológico
9Professor de Pedagogia Médica da Faculdade de Medicina da UFMG

Correspondência:
Luís Fernando Figueiredo Kopke Rua Rio Grande do Norte, 1560/ conj. 702 30130 - Belo Horizonte - MG

 

Resumo

A Dermatologia clínico-cirúrgica já é uma realidade irreversível. Porém o tipo de formação que o Cirurgião Dermatológico recebe ainda não foi definido claramente. Este trabalho é uma compilação das opiniões e idéias expostas em um debate sobre o assunto, ocorrido em maio de 1991 na sede da AMMG, do qual participaram Cirurgiões Gerais Gerais e Plásticos, Dermatologistas e um professor de Pedagogia Médica. A questão mais polêmica girou um torno do limite de ação do Cirurgião Dermatológico.

Palavras-chave: CIRURGIA DERMATOLÓGICA, RESIDÊNCIA, TÉCNICA CIRÚRGICA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações