Compartilhar
Informação da revista
Vol. 96. Núm. 5.
Páginas 640-641 (01 Setembro 2021)
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Visitas
...
Vol. 96. Núm. 5.
Páginas 640-641 (01 Setembro 2021)
Carta ‐ Caso clínico
Open Access
Placas infiltradas nas regiões laterais dos quadris revelando um caso de granuloma glúteo do adulto
Visitas
...
Anna Karoline Gouveia de Oliveira
Autor para correspondência
a.karolineoliveira@gmail.com

Autor para correspondência.
, Neusa Yuriko Sakai Valente, Thais do Amaral Carneiro Cunha, Agatha Ramos Oppenheimer
Hospital do Servidor Público Estadual, São Paulo, SP, Brasil
Informação do artigo
Texto Completo
Bibliografia
Baixar PDF
Estatísticas
Figuras (2)
Texto Completo
Prezado Editor,

O granuloma glúteo do adulto (GGA) é dermatose inflamatória que ocorre em adultos ou idosos na pele exposta ao contato prolongado com fezes e urina. Apresenta‐se como áreas bem demarcadas de eritema, edema, descamação, pápulas, nódulos, erosões e ulcerações. Ao histopatológico, não há granuloma, e sim acantose, espongiose, graus variáveis de infiltrado inflamatório misto superficial e profundo e proliferação de vasos na derme.1 É condição rara, com poucos relatos na literatura e de ocorrência classicamente conhecida em crianças.

Homem, 86 anos de idade, apresentou‐se com placas eritematosas, infiltradas, bem delimitadas, com borda levemente descamativa e esmaecimento central, assintomáticas, nas regiões laterais dos quadris havia seis meses (fig. 1). O paciente tinha antecedentes de diabetes mellitus, prostatectomia radical por adenocarcinoma, incontinência urinária e infecções urinárias de repetição. Exames complementares mostraram hemoglobina glicada de 10,3% e pH urinário de 8,5. Micológico direto da lesão foi negativo, e exame histopatológico mostrou acantose, espongiose principalmente no acrossiríngeo, leve infiltrado inflamatório dérmico perivascular com linfócitos, histiócitos, eosinófilos, plasmócitos e extravasamento de hemácias (fig. 2), com pesquisa de fungos pelo Grocott negativa. Após medidas comportamentais para manter seca a área das fraldas e creme de propionato de fluticasona 0,05%, as lesões desapareceram.

Figura 1.

Placa eritematosa, infiltrada, bem delimitada, com borda levemente descamativa em lateral direita do quadril.

(0,12MB).
Figura 2.

Histopatologia: epiderme com acantose e espongiose que compromete principalmente o acrossiríngeo, derme com leve infiltrado inflamatório perivascular superficial (Hematoxilina & eosina, 200×).

(0,17MB).

O granuloma glúteo é condição inflamatória mais comum na infância, sob a forma de pápulas e nódulos na área das fraldas. De etiologia incerta, acredita‐se que ocorra reação cutânea ao contato repetido com substâncias irritantes presentes nas fezes, urina e utensílios de limpeza. Infecção por Candida albicans, oclusão e corticoides halogenados são possíveis fatores patogênicos.2

O pH da pele normal é aproximadamente 5,5, enquanto o da urina é em torno de 6 ou maior quando há bacteriúria ou infecção por bactérias produtoras de urease, ambiente que aumenta a atividade de lipases e proteases, prejudica a barreira cutânea e predispõe à ação de irritantes locais. Nosso paciente apresentava pH urinário de 8,5 e bacteriúria, corroborando os achados relatados por Isogai et al.3

A distribuição das lesões é relacionada ao posicionamento do paciente, com nódulos localizados no escroto e lábios maiores de pacientes que permanecem muito tempo sentados, e nódulos ao redor do ânus em pacientes acamados.3 Nosso paciente trocava as fraldas frequentemente durante o dia e, ao dormir, permanecia em decúbito lateral, associadamente à poliúria pelo diabetes descompensado, fatores que causaram as lesões nas laterais dos quadris.

Recentemente, foram descritos os achados dermatoscópicos em um caso de GGA, evidenciando papilas com áreas brancas arredondadas cercadas por eritema e borda branca serrilhada. Essas papilas eram separadas por fissuras e continham rede esbranquiçada, aberturas semelhantes a comedões e vasos pontilhados no maior aumento.4

Manter a pele limpa e seca é o principal tratamento e a melhor forma de prevenção. Existem relatos individuais ou séries de casos em cuja maioria os tratamentos tópicos, inclusive corticoides, falharam. O uso de corticosteroide tópico foi eficaz em dois pacientes.5

Com o envelhecimento da população e o aumento do número de indivíduos incontinentes, possivelmente iremos nos deparar mais com esta entidade, justificando a importância de seu conhecimento.

Suporte financeiro

Nenhum.

Contribuição dos autores

Anna Karoline Gouveia de Oliveira: Elaboração e redação do manuscrito.

Neusa Yuriko Sakai Valente: Aprovação da versão final do manuscrito; elaboração e redação do manuscrito; participação intelectual em conduta propedêutica e/ou terapêutica de casos estudados; revisão crítica do manuscrito.

Thais do Amaral Carneiro Cunha: Participação intelectual em conduta propedêutica e/ou terapêutica de casos estudados.

Agatha Ramos Oppenheimer: Participação intelectual em conduta propedêutica e/ou terapêutica de casos estudados.

Conflito de interesses

Nenhum.

Referências
[1]
K.J. Robson, J.A. Maughan, S.D. Purcell, M.J. Petersen, H.K. Haefner, L. Lowe.
Erosive papulonodular dermatoses associated with topical benzocaine: A report of two cases and evidence that granuloma gluteale, pseudoverrucous papules, and Jacquet's erosive dermatitis are a Disease spectrum.
J Am Acad Dermatol., 55 (2006), pp. S74-S80
[2]
M. Fujita, S. Ohno, K. Danno, Y. Miyachi.
Two cases of Diaper area granuloma of the adult.
[3]
R. Isogai, H. Yamada.
Factors involved in the development of diaper‐area granuloma of the aged.
J Dermatol., 40 (2013), pp. 1038-1041
[4]
K. Payapvipapong, M. Tanaka.
Dermoscopic‐pathological correlations in a case of granuloma gluteale adultorum.
J Dermatol., 47 (2020), pp. e267-e269
[5]
I. Kikuchi, M. Jono.
Flurandrenolide‐impregnated tape for granuloma gluteale infantum.

Como citar este artigo: Gouveia de Oliveira AK, Sakai Valente NY, do Amaral Carneiro Cunha T, Ramos Oppenheimer A. Infiltrated plaques on the lateral aspects of the hips disclosing a case of adult gluteal granuloma. An Bras Dermatol. 2021;96:640–1.

Trabalho realizado no Hospital do Servidor Público Estadual, São Paulo, SP, Brasil.

Copyright © 2021. Sociedade Brasileira de Dermatologia
Idiomas
Anais Brasileiros de Dermatologia (Portuguese)

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas
en pt
Cookies policy Política de cookies
To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.