Journal Information
Vol. 97. Issue 3.
Pages 395-396 (01 May 2022)
Visits
...
Vol. 97. Issue 3.
Pages 395-396 (01 May 2022)
Carta ‐ Caso clínico
Open Access
Caso de blefarite causada por Trichophyton rubrum
Visits
...
Congcong Zhang, Hao Chen
Corresponding author
ch76ch@163.com

Autor para correspondência.
Instituto de Dermatologia, Chinese Academy of Medical Sciences and Peking Union Medical College, Nanjing, China
Article information
Full Text
Bibliography
Download PDF
Statistics
Figures (3)
Show moreShow less
Full Text
Prezado Editor,

Um menino de 10 anos de idade veio encaminhado à clínica com eritema e prurido por um período de duas semanas na pele periocular, e múltiplas papulopústulas na pálpebra superior esquerda por três dias. Havia tido contato com um animal cerca de um mês antes, e as lesões não haviam sido tratadas anteriormente. O exame físico revelou eritema com descamação discreta na pele periocular e várias papulopústulas leitosas do tamanho de sementes de gergelim na pálpebra superior esquerda (fig. 1). Os exames laboratoriais de rotina, incluindo sangue e urina, função hepatorrenal e testes de imunidade, estavam normais. Como o menino teve contato com seu cão, foi realizado um exame micológico. Múltiplas hifas e colônias fúngicas brancas com aparência felpuda foram encontradas em cultura e foram identificadas como Trichophyton rubrum (fig. 2). Microscopicamente, macroconídeas e microconídeas semelhantes a clavas também foram encontrados (fig. 3). Foi então confirmado o diagnóstico de blefarite causada por Trichophyton rubrum. O paciente recebeu tratamento com itraconazol oral, 100mg/dia por duas semanas e bifonazol creme para uso tópico uma vez à noite por quatro semanas. Recuperação total foi observada, sem recorrência durante os dois meses de seguimento.

Figura 1.

Apresentação clínica: eritema com descamação discreta na pele periocular e papulopústulas leitosas do tamanho de sementes de gergelim na pálpebra superior esquerda.

(0.12MB).
Figura 2.

Colônias na cultura para fungos.

(0.37MB).
Figura 3.

Exame microscópico mostrando esporos macroconídeos e microconídeos semelhantes a clavas.

(0.14MB).

A dermatofitose é infecção fúngica superficial comum, geralmente causada por Trichophyton rubrum. Pés, tronco e unhas são os locais mais afetados. As características de uma lesão típica consistem em uma clareira central, cercada por borda elevada progressiva, eritematosa, descamativa e com vesículas, que também podem aparecer na borda da área afetada com o aumento da inflamação.1 A blefarite é doença inflamatória crônica das pálpebras, com sintomas complexos, geralmente causada por colonização bacteriana e ácaros Demodex.2 No entanto, alguns dos estudos relatados sugerem que ela também pode ser de origem fúngica.3 Evidentemente, as papulopústulas leitosas do tamanho de sementes de gergelim no presente caso eram diferentes dessas características típicas. Como os sintomas foram identificados nos estágios iniciais, as papulopústulas e a descamação periocular responderam bem aos tratamentos de curta duração. Trichophyton pode induzir diferentes características clínicas que mimetizam outras condições, como impetigo, dermatite eczematosa e lúpus eritematoso.4 O local da invasão, capacidade invasiva variável, imunidade individual, diagnóstico e tratamentos podem associá‐la a várias manifestações clínicas e podem facilmente levar a diagnósticos e tratamento incorretos. Tratamentos indevidos, como esteroides tópicos, podem causar uma erupção das lesões e consequências mais graves. Portanto, a identificação precoce por meio da história médica e o diagnóstico preciso são os principais aspectos para evitar o retardo da cura ou a cronicidade da doença. Uma vez identificada a blefarite, é necessário iniciar o tratamento sistêmico com antifúngicos orais, com duração adequada do mesmo. Para prevenir recorrências, o tratamento de animais domésticos e dermatofitoses em outras partes do corpo devem ser examinados e tratados. O presente relato reforça as características clínicas peculiares da blefarite fúngica e a importância da história médica no diagnóstico.

Suporte financeiro

CAMS Innovation Fund for Medical Sciences (CIFMS‐2017‐I2M‐1‐017), Peking Union Medical College Youth Fund (3332017168) e Six Major Talent Summit na Província de Jiangsu (No.WSN‐030).

Contribuição dos autores

Congcong Zhang: Redação do manuscrito; análise do caso; seguimento do paciente.

Hao Chen: Obtenção da história médica; obtenção das fotografias.

Conflito de interesses

Nenhum.

Referências
[1]
J.W. Ely, S. Rosenfeld, M.S. Stone.
Diagnosis, and management of tinea infections.
Am Fam Physician., 90 (2014), pp. 702-710
[2]
M. Zhu, C. Cheng, H. Yi, L. Lin, K. Wu.
Quantitative Analysis of the Bacteria in Blepharitis With Demodex Infestation.
Front Microbiol., 9 (2018), pp. 1719
[3]
G.O. Sahin, Z. Dadaci, T.T. Ozer.
Two cases of tinea ciliaris with blepharitis due to Microsporum audouinii and Trichophyton verrucosum and review of the literature.
Mycoses., 57 (2014), pp. 577-580
[4]
L. Atzori, M. Pau, N.A. Aste, N.I. Aste.
Dermatophyte infections mimicking other skin diseases: a 154‐person case survey of tinea atypica in the district of Cagliari (Italy).
Int J Dermatol., 51 (2012), pp. 410-415

Como citar este artigo: Zhang C, Chen H. A case of blepharitis caused by Trichophyton rubrum. An Bras Dermatol. An Bras Dermatol. 2022;97:395–6.

Trabalho realizado no Instituto de Dermatologia, Chinese Academy of Medical Sciences and Peking Union Medical College, Nanjing, China.

Copyright © 2022. Sociedade Brasileira de Dermatologia
Idiomas
Anais Brasileiros de Dermatologia

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools
en pt
Cookies policy Política de cookies
To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.