Journal Information
Vol. 99. Issue 4.
Pages 606-609 (1 July 2024)
Visits
816
Vol. 99. Issue 4.
Pages 606-609 (1 July 2024)
Cartas ‐ Caso clínico
Full text access
Monilétrix autossômico dominante com penetrância incompleta: nova mutação KRT86 em família chinesa
Visits
816
Ru Dai, Tingting Wang, Xianjie Wu
Corresponding author
wuxianjie@zju.edu.cn

Autor para correspondência.
Departamento de Dermatologia, Zhejiang University School of Medicine Second Affiliated Hospital, Hangzhou, Zhejiang, China
This item has received
Article information
Full Text
Bibliography
Download PDF
Statistics
Figures (5)
Show moreShow less
Full Text
Prezado Editor,

Moniletrix (OMIM 158000), também conhecido como cabelo em «contas de rosário», é doença capilar hereditária rara caracterizada por hastes capilares anormais com nós e entrenós periódicos, fragilidade capilar, hiperceratose folicular e cabelo escasso.1 Classicamente, é causada por mutações autossômicas dominantes nos genes básicos da queratina capilar KRT86, KRT83 e KRT81.2 Raramente, a mutação autossômica recessiva no gene DSG4 pode contribuir para a doença.3 Os autores apresentam uma família chinesa de duas gerações com moniletrix autossômico dominante decorrente de nova mutação heterozigótica missense em KRT86 (c.1226T>C, p.Leu409Pro).

A probanda (II‐2) era uma mulher de 30 anos. Ela desenvolveu cabelos esparsos, curtos e frágeis, com queda de cabelo desde a infância (fig. 1A). Havia numerosas pápulas foliculares ceratóticas na região occipital (fig. 1B). O exame secundário de cabelos, sobrancelhas, cílios, unhas e o exame sistêmico foram todos normais. O exame dermatoscópico mostrou nódulos e aspecto em contas de rosário típicos (fig. 1C). Sob microscopia óptica, a haste do cabelo apresentava nódulos elípticos característicos e constrição intermitente (fig. 2A). A microscopia eletrônica de varredura revelou que o cabelo cilíndrico tinha estrutura segmentar com nódulos periódicos e partes estreitas; a largura dos nódulos variava de 0,09 a 0,11mm, e a largura da constrição era de 0,05 a 0,08mm. A crista longitudinal paralela e o sulco podiam ser vistos na superfície assemelhando o aspecto de uma casca de árvore, e no corte transversal a estrutura assemelhava a uma erosão (fig. 2B). O exame histopatológico do couro cabeludo afetado mostrou hiperceratose, diminuição dos folículos pilosos, e infiltrado inflamatório mononuclear ao redor do orifício folicular e formando tampões foliculares (fig. 3).

Figura 1.

Características clínicas e dermatoscopia da probanda. O probando exibia cabelos ralos (A) e hiperceratose folicular (B). (C) A dermatoscopia do probando mostrou aspecto em contas de rosário e nódulos típicos.

(0.2MB).
Figura 2.

Microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura da probanda. (A) O exame da haste capilar do probando com microscópico óptico mostrou nódulos elípticos característicos e constrição intermitente. (B) A microscopia eletrônica de varredura revelou que o cabelo cilíndrico tinha estrutura segmentar com nódulos periódicos e partes estreitas.

(0.17MB).
Figura 3.

Histopatologia da probanda. O exame histopatológico do couro cabeludo afetado mostrou hiperceratose, diminuição de folículos pilosos, infiltrado inflamatório mononuclear ao redor do orifício folicular e formação de tampões (Hematoxilina & eosina, 50×[A], 100×[B]).

(0.33MB).

O pai da paciente, de 58 anos, também apresentava queda de cabelo perceptível com pápulas foliculares menos marcadas (fig. 4A‐B). A dermatoscopia revelou fragilidade e quebra do cabelo (fig. 4C). O irmão mais novo da paciente, de 17 anos, nasceu com cabelos de aspecto normal, embora também fossem ásperos e sem brilho, com leve hiperceratose folicular no couro cabeludo. A dermatoscopia revelou cabelos moniliformes aparentes. A mãe da paciente apresentava cabelos normais ao exame clínico e dermatoscópico.

Figura 4.

Características clínicas e dermatoscópicas do pai. Notam‐se cabelos ralos (A) sem hiperceratose folicular (B). (C) A dermatoscopia revelou fragilidade e quebra dos cabelos.

(0.24MB).

Após obtenção do consentimento informado por escrito, amostras de sangue periférico foram coletadas da família para sequenciamento total do exoma (WES, do inglês whole‐exome sequencing). O resultado do WES mostrou nova mutação missense em heterozigose (c.1226T>C, p.Leu409Pro) no éxon 7 do gene KRT86 em todos os três membros afetados da família (fig. 5), que resultou em substituição de leucina por prolina.

Figura 5.

Sequência da mutação em heterozigose emKRT86.A probanda, seu pai e seu irmão tinham mutação em heterozigose de T para C (c.1226T>C, p.Leu409Pro) no éxon 7 deKRT86. A sequência da mãe era normal.

(0.54MB).

Moniletrix é um defeito estrutural da haste do cabelo, geralmente causado por mutações nos genes que codificam as queratinas do cabelo. Entre esses hot spots, KRT86 e KRT81 são os mais comuns no moniletrix.4 No presente estudo, a mutação identificada c.1226T>C em KRT86 leva à substituição de leucina por prolina, podendo afetar a estrutura e a estabilidade do filamento intermediário da queratina. A análise de patogenicidade não foi relatada anteriormente na base de dados da literatura ou na base de dados ClinVar. Que seja de conhecimento dos autores, esta é também a primeira vez que a mutação foi demonstrada para o moniletrix, o que amplia o espectro das mutações do KRT86. Entretanto, os mecanismos precisos para o cabelo moniliforme ainda não foram elucidados. A penetrância incompleta foi característica marcante do moniletrix nessa família. Entre os membros da família afetados, a gravidade do fenótipo pode variar desde alopecia extrema até aparência normal do cabelo.5 No presente estudo, os autores apresentam uma família com moniletrix na qual, entre três parentes, apenas a filha e o pai apresentavam hipotricose, e o irmão era clinicamente normal. A dermatoscopia confirmou cabelos moniliformes no irmão. A diferença de apresentação no presente estudo apoia a diversidade clínica do moniletrix.

Os autores apresentam no presente trabalho uma nova mutação c.1226T>C no éxon 7 do KRT86 em uma família chinesa de duas gerações com moniletrix.

Suporte financeiro

Esta pesquisa recebeu suporte financeiro da Natural Science Foundation of China (n° 82103754).

Contribuição dos autores

Ru Dai: Contribuições substanciais para a concepção do manuscrito, obtenção, análise e interpretação dos dados; elaboração e submissão do manuscrito; leitura e aprovação do manuscrito final.

Tingting Wang: Concepção e revisão do manuscrito; obtenção, análise e interpretação dos dados; leitura e aprovação do manuscrito final.

Xianjie Wu: Revisão das imagens histológicas, dermatoscópicas e de microscopia eletrônica de varredura; revisão do manuscrito final e aprovação da versão final a ser submetida.

Conflito de interesses

Nenhum.

Referências
[1]
H. Winter, M.A. Rogers, L. Langbein, H.P. Stevens, I.M. Leigh, C. Labrèze, et al.
Mutations in the hair cortex keratin hHb6 cause the inherited hair disease monilethrix.
Nat Genet., 16 (1997), pp. 372-374
[2]
Y. Shimomura.
Congenital hair loss disorders: rare, but not too rare.
J Dermatol., 39 (2012), pp. 3-10
[3]
C. Zhou, P. Wang, D. Yang, W. Liao, Q. Guo, J. Li, et al.
Autosomal recessive monilethrix: novel variants of the DSG4 gene in three Chinese families.
Mol Genet Genomic Med., 10 (2022), pp. e1889
[4]
L. Horev, K. Djabali, J. Green, R. Sinclair, A. Martinez-Mir, A. Ingber, et al.
De novo mutations in monilethrix.
Exp Dermatol., 12 (2003), pp. 882-885
[5]
R. De Cruz, L. Horev, J. Green, S. Babay, M. Sladden, A. Zlotogorski, et al.
A novel monilethrix mutation in coil 2A of KRT86 causing autosomal dominant monilethrix with incomplete penetrance.
Br J Dermatol., 166 (2012), pp. 20-26

Como citar este artigo: Dai R, Wang T, Wu X. Autosomal dominant monilethrix with incomplete penetrance due to a novel KRT86 mutation in a Chinese family. An Bras Dermatol. 20242024;99:611–4.

Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia, Zhejiang University School of Medicine Second Affiliated Hospital, Hangzhou, Zhejiang, China.

Copyright © 2024. Sociedade Brasileira de Dermatologia
Idiomas
Anais Brasileiros de Dermatologia
Article options
Tools
en pt
Cookies policy Política de cookies
To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.