Compartilhar
Informação da revista
Vol. 94. Núm. 6.
Páginas 774 (01 Novembro 2019)
Visitas
...
Vol. 94. Núm. 6.
Páginas 774 (01 Novembro 2019)
Correspondência
Open Access
“Avaliação da sepse na SJS/TEN: um ponto importante foi esquecido?” – Resposta
Visitas
...
Carlos Gustavo Wambiera,
Autor para correspondência
carlos.wambier@yale.edu

Autor para correspondência.
, Sarah Perillo de Farias Wambierb
a Departamento de Dermatologia, Yale University School of Medicine, New Haven, EUA
b Departamento de Medicina, Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, PR, Brasil
Conteúdo relacionado
Ananta Khurana, Mukesh Kumar Sharma, Kabir Sardana
Informação do artigo
Texto Completo
Bibliografia
Baixar PDF
Estatísticas
Texto Completo
Prezado Editor,

Tivemos o prazer de ler os comentários de Khurana et al.1 a respeito de nosso artigo, com a sugestão do uso da procalcitonina como um marcador sérico para sepse em casos graves de necrólise epidérmica (NE).

Em muitos casos a febre é atribuída ao caos inflamatório geral da NE. Como a antibioticoterapia profilática não é uma rotina adotada, e alguns pacientes apresentam febre como sinal isolado, nos parece razoável o uso de um exame laboratorial para avaliar sepse em pacientes com taquicardia, febre ou qualquer sinal clínico‐laboratorial que não determine introdução imediata da antibioticoterapia. Logo, a procalcitonina seria mais útil no contexto da conduta expectante inicial. Um resultado positivo levaria à mudança da conduta, enquanto um resultado negativo favoreceria sua manutenção.

Hipotermia, por outro lado, pode ser um sinal clínico mais específico de sepse. Sabe‐se, porém, que é associado a mau prognóstico.2 Recentemente, procalcitonina> 1μg/L e também hipotermia foram associados à positividade de hemoculturas em pacientes com NE.3

A imunossupressão terapêutica não deve ser retardada em casos com alto escore Severity of Illness Score in Patients with Stevens Johnson Syndrome and Toxic Epidermal Necrolysis (Scorten), apesar da constatação de sepse. Durante a revisão dos prontuários,4 foram observados casos fatais não tratados com imunossupressão sistêmica, pela possibilidade de sepse, numa época de decisão clínica anterior ao Scorten. Muitos desses casos poderiam apresentar desfecho diferente se os médicos estivessem cientes de que a previsão de morte era o evento mais provável, de acordo com o Scorten, uma escala que muda o resultado do jogo no tratamento da NE.

Suporte financeiro

Nenhum.

Contribuição dos autores

Carlos Gustavo Wambier: Aprovação da versão final do manuscrito; revisão crítica da literatura; revisão crítica do manuscrito; preparação e redação do manuscrito.

Sarah Perillo de Farias Wambier: Aprovação da versão final do manuscrito; revisão crítica da literatura; revisão crítica do manuscrito.

Conflitos de interesse

Nenhum.

Referências
[1]
Khurana A, Sharma MK, Sardana K. Sepsis assessment in SJS/TEN: an important point overlooked? An Bras Dermatol. 10.1016/j.abd.2019.06.002
[2]
Z. Rumbus, R. Matics, P. Hegyi, C. Zsiboras, I. Szabo, A. Illes, et al.
Fever is associated with reduced, hypothermia with increased mortality in septic patients: a meta‐analysis of clinical trials.
PLoS One., 12 (2017), pp. e0170152
[3]
H.K. Koh, Z.T. Chai, H.W. Tay, S. Fook-Chong, K.J.L. Choo, C.C. Oh, et al.
Risk factors and diagnostic markers of bacteraemia in stevens‐johnson syndrome and toxic epidermal necrolysis: a cohort study of 176 patients.
J Am Acad Dermatol., 81 (2019), pp. 686-693
[4]
C.G. Wambier, T.A. Hoekstra, S.P.F. Wambier, R. Bueno Filho, F.C. Vilar, R.S. Paschoal, et al.
Epidermal necrolysis: SCORTEN performance in AIDS and non‐AIDS patients.
An Bras Dermatol., 94 (2019), pp. 17-23

Como citar este artigo: Wambier CG, Wambier SPF. “Sepsis assessment in SJS/TEN: an important point overlooked?” – Reply. An Bras Dermatol. 2019;94. https://doi.org/10.1016/j.abd.2019.06.003

Trabalho realizado no Departamento de Dermatologia, Yale University School of Medicine, New Haven, EUA.

Idiomas
Anais Brasileiros de Dermatologia (Portuguese)

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas
en pt
Cookies policy Política de cookies
To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.